Custos Europa Morar Fora

As 11 cidades mais caras para se viver na Europa

Escrito por Gui Correia
A Europa pode se orgulhar de ter vários países na lista dos com melhor rendimento e qualidade de vida, mas isso tem seu preço.

Segundo o relatório da Glassdoor’s intitulado “Quais países da Europa oferecem o Melhor Padrão de Vida”, a capital da Grã-Bretanha, Londres, tem o aluguel mais caro de toda a Europa, o que significa que as pessoas gastam a maior parte dos seus salários apenas para ter onde dormir.

O custo de vida calculado pela Glassdoor’s leva em conta o rendimento versus “quanto dinheiro é necessário para comprar uma cesta padrão de produtos e serviços em diferentes países, incluindo mantimentos, restaurante, tranporte, serviços públicos e aluguel.”

Claro que Londres está no topo da lista,  mas não está sozinha. Junto com ela existem várias outras cidades caras para se viver.

Abaixo listamos as 11 cidades mais caras para se viver na Europa.

11. Amsterdã – A capital da Holanda é um dos lugares mais procurados na própria Holanda para se viver. E isso devido a ser o centro cultural, financeiro e educacional do país. No entanto, sua popularidade torna cada dia mais custosa a vida por lá.

amsterda

10. Helsinque – A cidade finlandesa faz parte da lista porque, apesar de a média dos salários em todo o país ser muito alta, Helsinque tem um dos mais altos custos de vida entre todas as categorias.

helsinque

9. Estocolmo – A Suécia se classifica como tendo um dos mais altos padrões de vida na Europa, graças ao custo de bens e serviços locais (incluindo alimentação, transporte e aluguel) sendo relativamente pequeno comparado com o salário líquido.

estocolmo

8. Dublin – A capital da Irlanda tem uma das melhores médias de salários na Europa. No entanto, o aumento atual dos custos de habitação, transporte e alimentação torna cada dia maior o custo de vida.

dublin

7. Paris – Os salários anuais são relativamente modestos, principalmente se comparado ao resto da França. E os custos de propriedade são excepcionalmente altos na capital, tornando Paris um dos lugares mais caros para se viver na Europa.

paris

6. Copenhague – Ser o centro cultural, econômico e governamental da Dinamarca, a coloca entre as mais caras cidades para se viver no país.

copenhague

5. Bergen – A cidade costeira da Noruega, cercada por montanhas e fiordes, possui um alto custo de vida, inclusive mais alto que o de Los Angeles, nos EUA.

bergen

4. Oslo – Os noruegueses possuem um dos salários mais altos de toda a Europa, mas tudo, desde alimentação até impostos, é muito elevado. Até mesmo os custos com transporte levam uma boa parte do salário do mês.

oslo

3. Londres – A capital da Inglaterra possui um dos aluguéis mais caros de toda a Europa, considerado exorbitante por muitos, e custa aos londrinos uma grande parte do salário de cada mês.

londres

2. Zurique – A cidade é um dos centros financeiros da Suíça mas também possui um dos mais altos custos de transporte e aluguel da Europa.

zurique

1. Genebra – A cidade suíça é 3% mais cara que Nova York para se viver, embora a renda seja uma das mais altas de toda a Europa.

geneva

Deixe um comentário

Sobre o autor

Gui Correia

Um programador viajante, apaixonado por fotografia e amante da vida.
Ajudando e sendo ajudado a vida flui.

Hey! Não perca nossas novidades!

Inscreva-se para receber promoções, dicas, roteiros e experiências!
De viajante pra viajante. ;)

Nunca lhe enviaremos spam, apenas coisas lindas sobre viagem.